Texto de 02/04/2008

Será que deixaremos patrimônio, resultado de nosso trabalho e sucesso?

Ou deixaremos o exemplo de abraçar, de olhar a todos com carinho, com afeição e cuidado.


Que farão eles, nos momentos difíceis, quando não estivermos por perto?

Que lembrem-se que meditávamos, que nos acalmávamos, que refletíamos em silenciosa tranqüilidade.


Que hábitos e gestos meus servirão de modelo, de herança a ser seguida?

Que seja o hábito de amar, amor incondicional, irrestrito, amor divino.


E quando nos separarmos, definitivamente, e nossos caminhos seguirem seu rumo?

Que recordem-se de rezar, de nossas orações, de nossa fé, de nossas preces.


Qual seria minha herança deixada, então?

Uma vida de abraço e meditação,

Amor e reza de oração.

Que outra riqueza além de um são coração.

Abrace, Medite, Ame e Reze.

AMAR.

Quer receber novos textos?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *