Texto em 24/03/2008

Trago esta foto que uma vez correu o mundo, do estudante em manifestação frente aos tanques chineses.

Esta forte imagem pode nos guiar sobre algumas reflexões.

Vale a pena nos calar mediante injustiças e inverdades?

Quando o silêncio é mais elevado que a ação?

Quando é que os monges devem sair do monastério e se fazer ativos?

Até que ponto as preces não devem ser acompanhadas de gestos?

Como devemos nos comportar mediante mentiras e manipulações?

Faça o teste da motivação.

Veja o que motiva os gestos e movimentos.

Porque tal professor escreve neste momento, este texto?

Qual é a motivação de organizar tal movimento, ou tal encontro?

Verifique se o movimento não é por mais espaços, mais templos, ou mais dinheiro.

Verifique se as ações visam o bem estar de forma altruísta, livre de reconhecimento.

Quanto menos egoísta, e pessoal, for esta motivação, mais crédito poderá ser dado.

O Silêncio vai lhe ajudar a refletir e a observar.

A Não-violência ajudará a guiar a ação, de forma ética e respeitosa.

Mas é a Ação que será transformadora.

Quer receber novos textos?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *