Como ser um grande professor de Yoga é um assunto de múltiplas facetas.
Neste texto, vou abordar o tema em apenas alguns dos aspectos.
Não é pretensão minha aqui cobrir todos os detalhes da formação de um professor.
Tenho a certeza, porém, que encontrará no texto, pontos fundamentais que passará a observar.

Como ser um grande professor de Yoga
10 anos de trabalho juntos, Vitor e Hermógenes, propagando os benefícios da Yogaterapia

Como ser um grande professor de Yoga sem professor

Ensinar é uma atividade desafiadora. Perceber as dificuldades do aluno, e auxiliar na superação.
As dificuldades de cada aluno requer o cuidado que cada universo requisita.
Entender o esforço do professor que ensina, as mazelas, a própria solidão do ensinar é parte da formação do professor. Para isto, o respeito a quem lhe ensinou é um dos pré-requisitos fundamentais.
Você poderá ensinar de forma respeitosa, e inspirar respeito de seus alunos, se você aprendeu a respeitar seu professor.
Se na história pessoal, se o respeito ao próprio professor não foi aprendido, ele dificilmente é transmitido, e a herança é um ensino defeituoso deste próprio respeito.

Pago meu professor de Yoga e espero que me ensine

Se você acredita que seu professor deve lhe ensinar, porque recebeu um valor financeiro de ti, você ainda precisa aprender que o ensino depende mais da sua capacidade de aprender, do que da capacidade do professor de ensinar.
Você não quer um professor, na verdade, você quer um serviço

como ser um professor
10 anos de trabalhos juntos, 6 anos para a produção da biografia, profunda relação entre Vitor e Hermógenes

Você escuta o professor, mas só aquilo que lhe convém

Se você é daqueles que apenas dá ouvidos as palavras que concordam com a sua forma de pensar, você também não está em busca de um professor. Se você tem agido desta forma, você não quer um professor, você quer um espelho, para apenas observar suas ideias

Você escuta seu professor, mas não segue suas orientações

Se escuta as orientações do professor, mas não as coloca em prática, você perde o seu tempo e desperdiça a energia do professor que quer lhe ensinar. Se está operando desta forma, você não precisa de professor, você quer apenas entretenimento

Você não divide com o professor como resolver os obstáculos e dificuldades

Se você não compartilha com seu professor os obstáculos que estão a impedir seu brilho e sua excelência, e mantém-se distante dele, sem informar porque não está a avançar e se desenvolver como poderia, você não precisa de um professor, você precisa de amizades superficiais, para que possa se relacionar com pessoas que não se importem com você

Você escutou seu professor de Yoga algumas vezes

Se você escutou um professor algumas vezes, e o chama de seu professor, sem ter o diálogo pessoal, a discussão sobre suas verdadeiras questões, o acompanhamento do seu avanço pessoal, na verdade, você não tem um professor, você busca de um papel de certificado para colocar na parede

Você tem a atenção chamada pelo professor, mas sempre acha que ele está errado, é exagerado

Seu professor salienta que você tem aspectos a melhor, que possui pontos frágeis que requerem esforço e dedicação para ter outros resultados, mas você acredita que isto é uma visão errônea do professor. Se este for o seu caso, você não tem um professor, você está em busca de aceitação, colo, carinho e afirmação da sua atual identidade

Você tem um professor que não te ensina, e pede favores

Se você não tem aplicações positivas na sua vida do que lhe é ensinado, e ainda o professor pede favores pessoais, você não tem um professor, você tem chefe.

Talvez outras situações sejam possíveis, mas até aqui talvez tenha conseguido explorar algumas das características principais que podem ajudar a ampliar o respeito desta relação, e deste respeito se necessitará para formar novos professores, que terão novos alunos, na esperança que estes também sejam respeitosos.

Como ser um professor
Vitor recebe de Lino Miele a autorização para o ensino do Ashtanga Yoga, seguindo a tradição de como Pattabhi Jois o fazia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *