PSICÓLOGO RENOMADO.

Mais de 20 anos de experiência. Profissional com formação internacional. A primeira consulta sem custo. Você merece a melhor ajuda. Comece a resolver agora!

 

Meditação vencendo a depressão

Com base em artigo da Psychology Today venho apresentar a importância deste tema.

“Psicólogos da Universidade de Exeter, publicaram recentemente um estudo sobre “terapia cognitiva baseada em mindfulness” (MBCT), descobrindo ser melhor do que drogas ou aconselhamento para a depressão. Quatro meses após o início, três quartos dos pacientes sentiam-se bem o suficiente para parar de tomar antidepressivos.”

Estes são alguns, dos vários dados, existentes que demonstram como a boa orientação e o bom uso de técnicas de auto-auxílio, tornam o paciente independente, reforçando a baixa estima, e deixando em suas próprias mãos, ferramentas para transformação.

“MBCT foi desenvolvida em meados dos anos noventa por psicólogos das universidades de Oxford, Cambridge e Toronto para ajudar a estabilizar o humor do paciente durante e após o uso de antidepressivos. Cerca de metade dos pacientes tinham recaída em depressão – mesmo que continuassem a tomar a medicação. Uma razão comum para a recaída é quando um período normal de tristeza se transforma em um recolhimento obsessivo.”

Curioso notar que o início dos usos das técnicas de meditação se deve à tentativa de tornar as pessoas independentes de remédios, e que por funcionarem melhor do que estes, se propagaram como técnica em outros trabalhos e universidades.
Esta tem sido também nossa experiência no Ciência Meditativa desde 2003, com alguns casos bem expressivos de libertação do uso de antidepressivos.

Se quiser aprofundar,meia o artigo integral da Psychology Today.

http://www.psychologytoday.com/blog/mindfulness-in-frantic-world/201110/curing-depression-mindfulness-meditation

Por Irmão Vítor Caruso Jr. em Fevereiro de 2013

www.cienciameditativa.com

 

Quer receber novos textos?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.