PSICÓLOGO RENOMADO.

Mais de 20 anos de experiência. Profissional com formação internacional. A primeira consulta sem custo. Você merece a melhor ajuda. Comece a resolver agora!

 

Como não beber água contaminada por plástico

Não é apenas na água da garrafinha.
Em reportagem do jornal The Guardian, foi tratado em detalhes este tema preocupante.
Em dezenas de amostras de água da torneira de mais de uma dúzia de nações foram analisados, ​​por cientistas para uma investigação da Orb Media , que compartilhou as descobertas com o Guardian. No geral, 83% das amostras foram contaminadas com fibras plásticas.

Os EUA tiveram a maior taxa de contaminação, com 94%, com fibras plásticas encontradas na água da torneira amostrada em sites, incluindo edifícios do Congresso, sede da Agência de Proteção Ambiental dos EUA e Trump Tower em Nova York. Líbano e Índia tiveram as taxas mais próximas.

As nações européias, incluindo o Reino Unido, a Alemanha e a França, tiveram a menor taxa de contaminação, mas isso ainda era de 72%. O número médio de fibras encontradas em cada amostra de 500 ml variou de 4,8 nos EUA para 1,9 na Europa .

E o Brasil? A Folha de São Paulo com base na reportagem também fez um levantamento.
A Folha colheu dez amostras adicionais na capital paulista e as enviou para análise na Faculdade de Saúde Pública da Universidade de Minnesota (EUA), que centralizou o trabalho de laboratório da iniciativa global. Descobriu-se que 9 das 10 garrafas continham fibras, em proporção semelhante á encontrada no levantamento em outros países.

Ok, você não costuma beber água da torneira, mas a comida que você come é feita na maior parte das vezes com ela. Mas vamos falar da água mineral.

Nesta reportagem da BBC, você encontra as pesquisas sobre a quantidade de plástico na água engarrafada, foram examinadas 250 garrafas compradas em nove países diferentes. Pesquisa também liderada pela organização do jornalismo Orb Media descobriu uma média de 10 partículas de plástico por litro, cada uma maior do que a largura de um cabelo humano.

Estas foram as marcas avaliadas, e temos uma brasileira entre elas:

Principais marcas internacionais:

  • Aquafina
  • Dasani
  • Evian
  • Nestle Pure Life
  • San Pellegrino

As principais marcas nacionais incluíram:

  • Aqua (Indonésia)
  • Bisleri (Índia)
  • Epura (México)
  • Gerolsteiner (Alemanha)
  • Minalba (Brasil)
  • Wahaha (China)

Como podemos evitar isto, nossa sugestão é o velho filtro de barro. A superioridade do filtro de barro é devida a água passar naturalmente pela cerâmica, a capacidade das impurezas ficarem retidas no filtro de barro é muito maior. Esse sistema acaba sendo mais demorado, e a pressão que é exercida pelo fluxo da água é maior, ou seja, o filtro consegue reter os microrganismos e sedimentos. Além de tudo, o filtro de barro leva a vantagem de não precisar de energia para funcionar, e ter a manutenção mais simples.

Para as garrafas esportivas, devemos atentamente verificar se a produção de garrafas plásticas é livre de BPA, substância colocada na produção de plásticos. (BPA free) Mesmo assim, como vimos, não se pode ter certeza da não contaminação da água. As garrafas de alumínio, muito utilizadas pelo peso, possuem um esmalte interno, que pode romper com batidas e quedas, também contaminando a mesa. As mais saudáveis opções são o vidro e o aço inox. O vidro tem o problema do peso e durabilidade.

Abaixo, deixo minha opção pessoal de garrafa, uma térmica, de aço inoxidável, da marca Stanley. Conserva por quase um dia, tanto bebida gelada, quanto quente.

Estudos como este, e outros, sobre importantes assuntos na área de saúde e qualidade de vida, são apresentados na Certificação em Yogaterapia. Você pode saber mais sobre a Certificação em nosso site.

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.