PSICÓLOGO RENOMADO.

Mais de 20 anos de experiência. Profissional com formação internacional. A primeira consulta sem custo. Você merece a melhor ajuda. Comece a resolver agora!

 

Como evitar o lado negativo da velhice

Velho ranzinza é uma das expressões comumente usadas.
E parece ser o destino de muitas pessoas, que não se previnem para um inevitável período que vamos viver.
Pesquisas sobre longevidade, apontam para alguns comportamentos importantes nos locais onde mais se vivem no mundo, tal como a ilha de Okinawa no Japão, Sardenha na Itália, Península Nicoya na Costa Rica, Icaria na Grécia, e os adventistas de Loma Linda na Califórnia.

O trabalho manual é parte importante da vida em Okinawa.
O trabalho manual é parte importante da vida em Okinawa.

Uma vida ativa, alimentação mais natural, e uma convivência comunitária são os fatores comuns no estilo de vida destes campeões centenários, com baixíssimas taxas de câncer, doenças cardiovasculares  e demência ou outros problemas mentais.
Destalho um pouco mais sobre estes locais em meu livro AMARIA.

Ao observar nestas olimpíadas de 2016 dois fenômenos interessantes, gostaria de reforçar esta reflexão. Em primeiro lugar, o caso de atletas que envelheceram com sérios problemas de saúde, tais como diversos jogadores de futebol, vários jogadores de vôlei com problemas de ombro ou joelho, o próprio Guga, do tênis, ou mesmo o recém falecido Muhammad Ali, do boxe.
Mas a boa notícia é que os atletas de alta performance estão conseguindo competir em excelência até idades nunca antes vistas, como Michael Phelps na natação, 31 anos, ou Serginho, no vôlei com 40 anos, entre outros exemplos.

serginho

No futuro esporte olímpico do surf, Kelly Slater, depois de mais de uma dezena de títulos mundiais, ainda compete no mesmo nível dos mais jovens, com bem mais de 40 anos.

Competindo em alto nível, Kelly Slater não apresenta os 44 anos de idade
Competindo em alto nível, Kelly Slater não apresenta os 44 anos de idade

Um caso em particular gostaria de chamar a atenção, pois ele dá muito crédito à pratica do yoga nos resultados que consegue. Kim Collins é o homem mais rápido do mundo depois dos 40 anos. Ninguém com mais de 40 anos conseguiu correr abaixo de 10s. Ele não se classificou para a final olímpica em 2016, mas estava lá, entre os mais jovens, competindo no mesmo nível.

Outro exemplo marcante é o Triathlon Ultraman, prova absurdamente exigente, disputada em três dias com:

1° dia: 10km de natação oceânica e 145km de ciclismo
2° dia: 276km de ciclismo
3° dia: 84,4 km de corrida

Um dos atletas mais competitivos nesta prova é Rich Roll que tem 50 anos, alimentando-se de uma rica dieta vegana já foi o primeiro colocado entre os não profissionais no Ultraman.

Além da dieta vegana, a prática de yoga auxilia na recuperação de Rich Roll
Além da dieta vegana, a prática de yoga auxilia na recuperação de Rich Roll

No caso de atletas acima de 50 anos, Dean Karnazes já foi considerado o homem mais bem condicionado fisicamente do mundo, com performances vencedoras em ultramaratonas.

Ultramaratonista Dean Karnazes, considerado um dos principais atletas Outdoor do mundo com 50 anos.
Ultramaratonista Dean Karnazes, considerado um dos principais atletas Outdoor do mundo com 50 anos.

Meu professor de Ashtanga Yoga, Lino Miele, tinha uma especial aluna e colega de ensino, chamada Gwendoline Hunt, que mesmo depois dos 70 anos nos brindava com a execução das séries avançadas da prática do Ashtanga Yoga.

Elevado nível de prática, no Ashtanga Yoga, após os 70, uma das alunas de Lino Miele
Elevado nível de prática, no Ashtanga Yoga, após os 70, uma das alunas de Lino Miele
Graças à uma dieta vegana, sem açúcar, álcool e café, consigo realizar as avançadas séries do Ashtanga Yoga.
Graças à uma dieta vegana, sem açúcar, álcool e café, consigo realizar as avançadas séries do Ashtanga Yoga.

Os estudos do consumo de baixas calorias são alguns dos mais conclusivos existentes sobre o potencial de aumentarmos nossa longevidade, feitos pelo Dr. Walford, comprovam que evitar os alimentos industrializados e mais calóricos é uma das melhores formas de se evitar o envelhecimento.

O pesquisador Roy Walford apresentou diversas pesquisas em que aumentava a longevidade dos animais
O pesquisador Roy Walford apresentou diversas pesquisas em que aumentava a longevidade dos animais

Após o estudo desenvolvido pelo Dr. Campbell, pela Universidade de Cornell, apontando a relação entre o consumo de proteína animal, e as doenças cardíacas e o câncer, temos dados importantes para serem somados aos hábitos das chamadas “blue zones”, regiões que se vivem muito, e assim, temos algumas dicas fundamentais para se viver muita.

1- Procure sempre alimentos naturais, ricos em nutrientes e de pouco calorias
2- Viva relações sociais, com família e amigos, de forma a sempre alegrar-se
3- Movimente sempre o corpo, mantenha-se diariamente ativo
4- Evite o estresse da vida moderna, durma bastante, esteja sempre recuperado e descansado
5- Evite qualquer alimento de origem animal, consumo de álcool, cafeína ou qualquer substância artificial que altere a percepção.

9 comentários em “Como evitar o lado negativo da velhice”

  1. Sim, meu corpo pede por coisas naturais, aguardo, frutas e vegetais, mas ainda preciso melhorar minha alimentação e práticar ioga. Bom incentivo na leitura.

Deixe um comentário para Silvana Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.