Aprenda porque Mindfulness é muito mais do que meditação. Com professor ordenado pela tradição.

4 Grandes Artigos sobre Terapia Online

4 Grandes Artigos sobre Terapia Online para você ter mais ideias e clareza sobre esta prática e seus resultados.
Nestes trabalhos temos diferentes ideias e formatos de aplicação da terapia online, apresentando duas conclusões significativas e interessantes.
A primeira delas, já esperada, é sobre a efetividade e resultados do processo.
A segunda, sim, mais surpreendente, sobre como diferentes formas de aplicação, e bem diferentes, obtém também bons resultados.

4 Grandes Artigos sobre Terapia Online é muito pouco

A ideia não é trazer uma análise quantitativa pelo número de pesquisas.
Apesar das pesquisas apresentadas buscarem um verificação quantitativa de seus trabalhos.
A apresentação des 4 Grandes Artigos sobre Terapia Online é apenas expandir, de forma qualitativa, a visão das possibilidades da sua aplicação.
idabreakfast e1571237429488 - 4 Grandes Artigos sobre Terapia Online

Revista Cyberpsychology and Behavior

Esta revista acima, especializada no assunto, publicou o artigo:
Working Alliance in Online Therapy as Compared to Face-to-Face Therapy: Preliminary Results
Escrito por Jonathan E. Cook and Carol Doyle.
Neste artigo mostra-se que a terapia on-line, definida como a provisão de serviços de saúde mental pela Internet, é um campo crescente que suscitou uma abundância de interesse e controvérsia. Uma preocupação primária na prática da terapia on-line é se uma aliança de trabalho, considerada um componente central da terapia bem-sucedida, pode se desenvolver quando os participantes são separados geograficamente. As pontuações da aliança de trabalho foram comparadas entre uma amostra pequena, principalmente feminina, de consumidores de terapia online e uma amostra representativa de clientes tradicionais de terapia presencial. Os resultados revelaram médias significativamente mais altas na amostra online, sugerindo que uma aliança de trabalho possa ser adequadamente estabelecida na terapia fornecida pela internet. Não foram encontradas diferenças significativas no nível de aliança de trabalho na amostra de terapia online em relação à modalidade de comunicação, problema de apresentação do cliente ou terapeuta.
Se quiser entender mais sobre esta pesquisa, acesse aqui.

Práticas diferenciadas na Terapia Online

Em um artigo sobre as melhores práticas na Terapia Online escrito por Jo-Anne M. AbbottSwinb da Melbourne University of Technology , com Britt Klein  &Lisa Ciechomski.
Este artigo discute questões importantes no fornecimento das melhores práticas de terapia baseada na Internet (e-terapia ou terapia online). A terapia online é definida pela primeira vez como a interação entre um consumidor e um terapeuta via Internet (geralmente via e-mail) em associação com o uso de um programa estruturado de tratamento clínico baseado na Web. É fornecido um resumo das questões profissionais e éticas, juntamente com exemplos ilustrados de princípios de boas práticas experimentados no trabalho clínico e de pesquisa por membros da Universidade de Tecnologia de Swinburne. A terapia online foi considerada eficaz no tratamento de uma série de distúrbios psicológicos. Pesquisas futuras investigando métodos para melhorar a capacidade dos consumidores de se envolverem com a terapia online devem aumentar ainda mais a eficácia desse tipo de terapia.
Neste trabalho destaca-se a abordagem do e-mail como principal ferramenta terapêutica, que seria uma abordagem bastante distante para os padrões atuais, mas também de efetividade.
Se quiser saber mais sobre este trabalho, acesse aqui.

O Futuro da Terapia Online

No artigo com nome acima, os autores apresentam a força do uso de diferentes ferramentas.
A mesma tendência que utilizamos aqui em nosso trabalho, é comprovada por este artigo.
Se quiser saber mais como o Ciência Meditativa trabalha com a Terapia Online, acesse aqui.
O texto foi escrito por Yair Amichai-Hamburgera, Anat Brunstein, Klomekbc Doron, Friedmand Oren Zuckermane eTal Shani-Shermana
Segundo o artigo o mundo digital, e a Internet em particular, têm um impacto significativo em quase todos os aspectos de nossas vidas. O domínio da psicoterapia é uma área em que a influência da Internet está crescendo rapidamente. O artigo sugere um modelo para terapia online abrangente, mas com um terapeuta em seu centro. Explica os principais componentes da terapia tradicional e da terapia online. Discute as principais críticas feitas contra a terapia online e avalia a eficácia de várias respostas. O artigo avança para explicar as vantagens da terapia online, concentrando-se nos aspectos exclusivos dessa abordagem. O artigo propõe que a terapia online explora outros recursos online, incluindo técnicas para coleta de informações. Isso é verdade tanto na sessão terapêutica quanto fora dela. Além disso, o artigo sugere que os terapeutas incorporem dramatizações on-line, e outras formas que usem as ferramentas eletrônicas. Todas essas ferramentas são sugeridas como componentes importantes em um processo de terapia abrangente executado por um terapeuta que trabalha no formato online.
Se quiser ler mais sobre este artigo, acesse aqui.

Aprendendo com a Terapia Escrita

Este curioso artigo faz uma paralelo entre a terapia online e a terapia escrita.
Trabalho escrito por Jeannie Wright.
No artigo afirma que o aconselhamento online é novo e ainda controverso, com pouca pesquisa baseada no Reino Unido disponível para profissionais, provedores ou clientes em potencial. Escreve o artigo com o objetivo estender uma revisão anterior de algumas das pesquisas sobre terapia da escrita do British Journal of Guidance and Counseling e para indicar como ela pode ser aplicada ao aconselhamento online. Também se refere a parte da literatura sobre aconselhamento online.
Neste artigo fica claro que a já aceitação, e validação da Terapia Escrita, por si só, pode validar as dúvidas sobre a Terapia Online.
Quer ler mais, acesse aqui.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.