Texto de Vitor Caruso Jr. em Março de 2009

 

Recentemente tenho me deparado com as seguintes curiosas situações:

         Professores de yoga e meditação que só participam de cursos lucrativos

         Invencionices criadas para devolvermos uma sala em que trabalhávamos

         Nutricionistas que não seguem a dieta que indicam

         Psicóloga que não compreende como outras pessoas não tem o mesmo “bom gosto” do que ela

         Collor trabalhando e elogiando o governo Lula

         Pessoas que participam de um Conselho de Paz para brigar e discutir

         Autores famosos que pregam o entendimento, mas se contrariados, revoltam-se em público

Penso se estou ficando maluco, ou se somos contraditórios.

Lembro-me de Gandhi, que falava em padrão único de conduta.

Compreendo que não somos perfeitos, mas não estou pensando em perfeição.

Penso em Ética, e vejo que nestes casos, dos exemplos que citei acima, são de pessoas que tem dificuldade de se encontrar com o espelho. Uma auto-imagem distorcida. Como diria Gianetti da Fonseca, Auto-Engano.

Uma certa falta de Ética consigo próprio.

Estamos muitas vezes, longe de agir com Ética em relação a nossos pensamentos.

Existe um certo comodismo em relação aos nossos interesses.

Queremos que o mundo mude, mas que não mexa comigo.

Queremos um mundo mais Ético, mas eu não preciso mudar.

Um caso muito típico me faz pensar sobre a Ética consigo próprio para mudar o mundo.

Em carta publicada de Thich Nhat Hanh, ele me fez perceber, com base em dados da ONU, o seguinte:

         40.000 crianças morrem de fome ou desnutrição por dia.

         80% do milho e 95% da aveia produzida nos EUA vão para a criação de gado.

         Só a quantidade de grãos consumidos para o estoque de gado alimentaria 8,7 bilhões de pessoas em calorias

         O estoque de gado utiliza 70% das terras agricultáveis do planeta

         70% de destruição da Amazônia está relacionada a pasto para o gado

         O estoque de gado é responsável por 18% do dióxido de Carbono de todo o Efeito Estufa. Isto significa que o estoque de gado polui mais do que todos os carros e caminhões do planeta.

         1 quilo de carne precisa aproximadamente 15 mil litros de água, 1 quilo de batata precisa de 500 litros de água.

Veja bem, tudo isto sem falar nos argumentos de não-violência, onde Thay nos apresenta a história contada pelo Buda, do casal que em precariedade no deserto, come a carne do próprio filho.

Isto é o que fazemos com a próxima geração, comemos sua carne.

Ouvimos muito sobre meio-ambiente, combustíveis renováveis, aquecimento global e FOME. Mas ninguém vai direto a este ponto. Por que? Porque mais uma vez queremos que o mundo mude, sem mudar a nós.

Portanto, já que estamos buscando ser mais corretos e mais Éticos conosco mesmo. Que tal começarmos nosso compromisso Ético agora, sendo vegetariano. Talvez a partir deste compromisso, possamos expandir para outras questões Éticas, mesmo que ainda conosco, então, sermos mais Éticos para com o próximo.

Quer receber novos textos?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *