A Programação Neurolinguística é uma ferramenta de muita eficácia em processos de transformação.
Sua estruturação se deu no início da década de 70, por um aluno da Universidade da California, chamado Richard Bandler, e um professor que o orientava, chamado John Grinder.
Especificamente sobre John, ele tem um curriculum bastante interessante, exercia um papel de professor diferenciado, moderno, jogador de tênis qualificado, e já  tendo pertencido às forças especiais do exército americano.
Em uma de suas entrevistas, destacou o quanto a PNL é na essência o aprendizado de estratégias dos mais eficientes.
Ao analisar minha vida sobre esta perspectiva, vi o quanto certos pressupostos da PNL já eram por mim assimilados, mesmo antes de me tornar um especialista no assunto.

Vitor, em noite de autógrafos, de uma de suas 8 obras publicadas até a data, a biografia do Professor Hermógenes.

– Busquei o curso de Economia da USP, porque na época ele era o melhor do Brasil, o que não acontecia com outros cursos da mesma USP.
– Identifiquei a inevitabilidade da globalização, e a importância do comércio exterior neste cenário, e fiz minha especialização na Universidade de Miami, maior centro de trocas comercias das Américas.
– A PNL parecia ser a maior fonte de eficientes ferramentas de desenvolvimento pessoal, fui estudar na fonte onde surgiu, na Universidade da California, com um dos seus maiores desenvolvedores, Robert Dilts.
– Ao aprofundar o potencial de cura da meditação, tornei-me aluno direto do Dalai Lama, com quem estudei na Índia, e recebi importantes transmissões.
– Em termos de funcionamento da mente, a Psicologia Budista é de especial riqueza para este entendimento, e o mestre Zen Thich Nhat Hanh o grande professor mundial do assunto, de quem me tornei aluno, e hoje, ordenado por ele, sou professor de meditações para o desenvolvimento de mente atenta.
– Senti que o yoga era um caminho de desenvolvimento pessoal significativo, nesta jornada, tornei-me aluno, amigo e biógrafo, do maior nome do yoga no Brasil, o Professor Hermógenes.
– Neste aprofundamento do yoga, em busca da excelência, a técnica do Ashtanga Yoga se demonstra a mais exigente e rigorosa, e acabei por me tornar aluno do mais importante aluno do estruturador da técnica Pattabhi Jois. Tornei-me aluno do italiano Lino Miele, único a escrever sobre os fundamentos desta avançada prática, em parceira com Pattabhi Jois.
– Influenciado por meu mestre Zen, Thich Nhat Hanh, aprendi que estar Zen, é estar excelente, estar bem, e devemos buscar isto na alimentação também. Tornei-me um propagador da alimentação natural vegana, de incríveis resultados em curas e de propiciar saúde em atletas de alta performance.

Assim, ser Zen, é estar em seu estado de excelência. Esta é a função das técnicas de Programação Neurolinguística. Em um de seus desenvolvimentos, a PNL fala de buscarmos os melhores modelos para que executemos com grandeza aquilo que nos propomos. E é este meu trabalho, não só tentar aprender, mas aprender com quem é o melhor, para poder realizar a melhor contribuição a todos.

Os cursos “Foco”, “Alegre Vida Plena” e “Grandes Ferramentas de Transformação” tem esta função, pragmática, de trazer estas ferramentas de excelência ao alcance de qualquer um que se proponha a fazer diferença, e fazer melhor em sua vida.

Por Irmão Vitor, em Agosto de 2014.

Quer receber novos textos?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *