Pelo menos no dia dos namorados,
que seus dedos me toquem com o mesmo carinho,
que seus olhos procurem novidades em mim,
que eu possa estar o dia todo junto a ti,
que você recorra a mim, sempre que precisar,
que pelo menos no dia dos namorados,
eu possa ser tão presente quanto SEU CELULAR.
Por Irmão Vitor, em Junho de 2014
Quer receber novos textos?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *