PSICÓLOGO RENOMADO.

Mais de 20 anos de experiência. Profissional com formação internacional. A primeira consulta sem custo. Você merece a melhor ajuda. Comece a resolver agora!

 

Gazeta do Povo perguntou-me sobre Yoga e Pilates

Neste mês de abril, em entrevista ao Jornal Gazeta do Povo, sobre a diferença entre o Yoga e o Pilates, redigi o texto abaixo com base nas perguntas efetuadas.

A reportagem, que está no link http://www.gazetadopovo.com.br/saude/conteudo.phtml?tl=1&id=990212&tit=Ioga-x-Pilates não contemplou alguns detalhes de minhas respostas, minimizando as diferenças significativas entre as duas práticas.

Assim, deixo abaixo o texto completo que enviei para sua avaliação.

Vitor Foto 2

O Yoga é uma sistematização da busca do autodesenvolvimento pessoal e espiritual, que inicialmente observamos ter sido feita na Índia, mas que também é recorrente em todas as Grandes Tradições da Humanidade, é como uma Filosofia Perene, que o homem estrutura para elevar a si próprio, seu entendimento, sua relação com o mundo e com o sagrado.

Os benefícios da prática são em diversos níveis, físico, respiratório, emocional, mental e espiritual. A prática do yoga, bem feita, ajudará o aluno a dar o próximo passo em todos estes níveis.

O Yoga se destina a todos nós, não há como dizer que há um público específico, conheço pessoas que começaram a praticar o yoga após ter recebido a extrema unção, e crianças que começam suas práticas aos 6 anos. Já vi vários praticantes com mais de 80 anos, grávidas que querem ter um parto mais tranquilo e uma criança mais feliz ao nascer, atletas que querem uma maior consciência corporal, ou mesmo força e flexibilidade, outas pessoas que querem respostas existenciais mais profundas, ou que passam por dificuldades emocionais, além de inúmeros casos de curas de depressão, pânico e ansiedade. Até mergulhadores profissionais são obrigados a praticar yoga para melhorar seu desempenho respiratório, ou atletas de golfe, que precisam da prática do yoga para melhorar a concentração.

Yoga se pratica o tempo todo. Quando falamos com nossos pais, com nossos filhos, quando vamos à igreja, ou quando estudamos para uma prova. A aula de yoga é apenas parte do treinamento. E também é parte do treinamento meditar e observar a mente, e o corpo. Aquelas posturas que todo mundo conhece, e vê nas revistas, é parte do treinamento de observação e transformação da mente e corpo. Um bom professor orienta o aluno para ser independente. Tenho alunos que praticam todos os dias em casa, e muitos deles, mais de uma vez por dia, por exemplo, quando acordam e depois, antes de dormir. Nestes casos, meu papel, como professor é apenas apontar qual é o próximo passo, mas quem dá o passo, é o aluno.

Dizer que o Pilates condiciona mais que o Yoga é desconhecer o significado dos dois. O Pilates enquanto prática inspirada no Yoga, a partir da visão de um ocidental preocupada com aspectos físicos, só pode alcançar os benefícios até onde vai a sua perspectiva. No caso do Yoga, o aspecto físico é apenas parte do processo, que como disse, também trabalha outros níveis, como o físico, respiratório, emocional, mental e espiritual. Aos que estão preocupados apenas com a prática física, existem práticas de yoga que tem que ser interrompidas devido à quantidade de suor que os alunos transpiram, ou aulas de resistência e permanência em posições que podem chegar a durar mais de 3 horas, atividades que somente poucos atletas suportariam. Porém os atletas de alta performance sabem disto, melhor do que ninguém, que os aspectos emocionais e mentais são uma porcentagem significativa do desempenho, e isto, o Yoga já contribui com os grandes atletas do planeta, tais como Shaquille O’Neal, David Robinson, Kareem Abdul Jabar (Basquete), Pete Sampras, Andy Roddick, Venus e Serena Williams, Lindsay Davenport, Martina Hingis (Tenis), Ian Torphe (Natação), Evander Holyfield (Boxe), e o famoso time de Rugby da Nova Zelândia, somente para citar alguns poucos exemplos. E decididamente, eles estão usando muito mais do que apenas os benefícios físicos da prática do yoga.

Quer receber novos textos?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.