Externalizar a culpa significa transferir para algo externo o potencial de causa do fenômeno.
Explicando melhor, é apontar como causa, ou culpa, algo específico e distinto daquele que aponta.
As pessoas fazem isto com enorme frequência, como forma de auto-defesa, mas sem perceber que deixam escapar uma enorme oportunidade de desenvolvimento.

Segundo a publicação Psichology Today, em artigo de Raj Raghunathan, as pessoas cometem este engano por dois motivos, para se sentir mais confiante, ou faz sentir-se superior ao outro.
(http://www.psychologytoday.com/blog/sapient-nature/201112/take-personal-responsibility-dont-blame-others)

Com Life Coaching, perspectivas físicas e de visão de mundo podem ser transformadas.

A oportunidade que está se perdendo, reside em perceber melhor qual a sua contribuição, e potencial para a mudança do cenário. O que você pode fazer para este cenário ser diferente fica longe do foco.
O desenvolvimento da atenção concentrada (curso FOCO) é uma das maneiras de desenvolver melhor perspectiva sobre estas situações.
Segundo a Psicologia Budista, os fenômenos tem causas diversas e interdependentes, ou seja, apontar um único causador, além de tudo, é uma inverdade, e uma visão estreita. (curso Psicologia Budista).
Coaching é um processo que pode auxiliar a transformação destas visões, utilizando ferramentas como a yogaterapia, ou a Psicologia Budista, pode-se treinar esta perspectiva mais ampla, e mais capaz de solucionar problemas.

Por Irmão Vitor, em Julho de 2014

Quer receber novos textos?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *