Chegamos em Assis, a cidade de Francisco e Clara.
A foto mostra a vista, à distância. Um feudo medieval, de construções em pedra, ruas estreitas, e muitas, muitas igrejas.
Já ao chegarmos, agora só eu e Lili, já que o grupo se desfez em Londres, fomos especialmente bem recebidos pelos taxista, amigo de brasileiros do Rio Grande do Sul.
Quase nos tirou lágrimas dos olhos, ao mostrar a foto da família brasileira que considerava muito, e nos fez questão de nos indicar os lugares que deveríamos visitar, a Basílica de Santa Maria dos Anjos, a Basílica de São Francisco, a Igreja de Santa Clara, a Igreja de Rivotorto, a Igreja de São Damiano (nossa predileta, onde Clara morreu, e que a Cruz do altar falou com Francisco), e o Eremitério, um local próprio para uma verdadeira experiência espiritual e mística.

Quer receber novos textos?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *