Da auto-imagem ao preconceito, aos olhos da Psicologia Budista

Quem de nós já não se sentiu deslocado em um determinado ambiente.O assunto não era sua especialidade, ou o grupo já se conhecia há muito tempo, e você não compreendia o sentido daquelas velhas histórias, ou pior ainda, a linguagem usada era de uma determinada profissão que, para você, aquelas palavras precisavam de um dicionário …

Da auto-imagem ao preconceito, aos olhos da Psicologia Budista Leia mais »