Mais um Gravíssimo Caso de Abuso no Yoga

Mais um Gravíssimo de caso de Abuso no Yoga.

As acusações trazidas por Ishleen Kaur, jornalista da BBC e professora de Yoga causaram grande repercussão.
Mais uma vez um famoso professor de Yoga é acusado de abuso sexual.
Neste caso estamos falando de um dos principais professores da tradição Sivananda Yoga, Swami Vishnudevananda, já falecido.
Ishleen - Mais um Gravíssimo Caso de Abuso no Yoga

Ishleen Kaur, editora da BBC

Os Casos de Abuso são Detalhados

Mas são muitos as descrições detalhas de situações onde ocorreu o sexo de forma abusiva.
Abusiva no sentido do professor utilizar de sua posição de líder espiritual para a realização da relação sexual.
Na reportagem de Ishleen são 14 entrevistadas com sérias acusações relatadas, não é apenas um caso isolado.
devananda - Mais um Gravíssimo Caso de Abuso no Yoga

Vishnu Devananda, já falecido

Outros casos são citados como de Abuso

Porém, se mistura no texto algumas histórias que tem características muito diferentes.
Fala-se por exemplo do Bikram Chaudhry, criador do Bikram Yoga, que muitos converteram para Hot Yoga. No caso deste, não são apenas acusações, mas ele é julgado, condenado e fugido dos EUA.

Outro que se fala de acusações, mas também é condenado e fugido é Osho (Bagwan Rajneesh), que tinha em sua comunidade algumas práticas muito liberais em relação à fidelidade entre os parceiros, mas as condenações não são exatamente estas, mas outras também muito graves relacionadas à drogas, armas, formação de exército particular, etc…

No universo do Ashtanga Yoga existe abuso moral

Em relação a Pattabhi Jois, não há nada formalmente acusado ou comprovado de contexto sexual, sim, muitas fotos de ajustes que podem ser considerados inadequados para certas pessoas, mas para muitos professores que estavam na situação, não havia interesse, ou conotação sexual nos criticados ajustes.
pattabhi - Mais um Gravíssimo Caso de Abuso no Yoga

Pattabhi Jois, sem acusações formais, e com diversos alunos em sua defesa

Sharat - Mais um Gravíssimo Caso de Abuso no Yoga

Diversas acusações de abuso moral pairam sobre Sharat Jois

Há sim uma concordância na comunidade de abuso moral do neto de Pattabhi Jois, Sharat Jois, que não aceita ninguém que o questione, lhe pergunte o porquê de decisões e alterações na série histórica. Todos são vítimas de gritos por parte do professor, ou expulsos da lista que autoriza exercer a profissão de professor de forma registrada.

Dicas para você evitar casos de abuso no Yoga.

Este é um dos motivos que indicamos alguns alertas para verificar a segurança de sua busca e de sua prática.
1- Não deixe sua inteligência ser desrespeitada, se tiver dúvidas, pergunte, e espere uma resposta racional.
2- A relação com o professor lhe traz benefícios, quais são eles, ou é apenas algo no sentido de benefícios ao professor.
3- Fique atento a sistemas de adoração, como fotos no altar, prostrações, e muita veneração. Este é um sinal muito perigoso.
4- Verifique o comportamento dos alunos da comunidade, se existe hierarquia e arrogância, é um dos sinais que existe problema
5- O professor se coloca como pessoa especial, acima dos outros, então fuja, pois na verdade, ele é uma pessoa comum, e deveria saber disso.
Neste vídeo você conversa um pouco comigo sobre estas situações, e dou mais alguns detalhes.

Como Meditar Revoluciona Sua Vida para Melhor

Como Meditar Revoluciona Sua Vida para Melhor

Ensaio Vitor 0009 2 - Como Meditar Revoluciona Sua Vida para Melhor

Vitor Caruso Jr. é um promotor especial do desenvolvimento humano

Meditar revoluciona sua Felicidade

Mais felicidade, sem os riscos de Ansiedade ou Depressão.
Uma condição de referência de vida que não só promove mais saúde, mas também promove cura.
Potenciais adormecidos, que, na verdade são bloqueados, pela nossa ignorância em métodos que estão ao alcance de todos nós.
Isto não significa simplicidade, mas sim, possibilidade. É possível, mas não é fácil.

Esforço é necessário para Meditar

Criar um padrão e modelo mental que amplie suas capacidades, e lhe permita uma outra condição de vida e saúde requer determinado esforço.
Porém, se este esforço for direcionado, estes resultados podem ser comprovadamente alcançados.
A Meditação é a ferramenta para isto, não é um fim em si mesmo, mas um meio para a grande transformação.
Mas é preciso trabalho, conhecer os meandros e detalhes de funcionamento da mente para ter estes resultados.

Existem enganos no caminho

Não se iluda que o processo seja apenas fechar os olhos, relaxar e aprofundar a respiração, isto é um grande engano.
Engano tão grande quanto à ideia de pensamento positivo.
Como se pensar positivamente fosse algo que tivesse relação direta com decisões e processos que possuem também outros infinitos componentes de influência além do seu pensar.

Como Meditar Revoluciona sua Vida

Meditar é uma ferramenta que se bem trabalhada estrutura capacidades, abre potenciais, destrava crenças, e desenvolve compreensão e compaixão.
Meditar amplia a condição de capacitação dos sentidos, de conhecimento, organiza o pensamento lógico, direciona melhor ações e promove melhores resultados.
Você realmente quer gerar a maior transformação possível na sua vida.

Meditar é comprovado cientificamente

Muitos médicos já confirmaram que não há nada mais efetivo para a transformação de um indivíduo, do que a meditação.
Porque não começar a estudar agora?
Porque não procurar um aluno direto dos maiores mestres conhecidos da meditação?
Pense nisso?

Como saber mais sobre Meditar

Tem um vídeo no YouTube que eu explico melhor o texto acima com o título “Como Meditar Revoluciona Sua Vida para Melhor”.
O Ciência Meditativa oferece várias oportunidades de você aprender a meditar e se desenvolver.
  • Terapia Meditativa Online
  • Certificação Mindfulness Original
  • Mentoria em Yoga
Acesse www.cienciameditativa.com ou Link na Bio

Manual para um Bom Aluno de Yoga

Manual para um bom aluno de Yoga foi escrito com uma intençao precisa.
Era a forma de se ajudar um específico grupo de alunos.
Muitas vezes os hábitos podem arraigados podem coletivamente dificultar o progresso do grupo.
Trazer a energia e a ação para a modificação pode fazer a diferença.
Neste intuito, escrevi esta carta para o grupo.

WhatsApp Image 2018 06 25 at 12.56.30 e1593619020946 - Manual para um Bom Aluno de Yoga

Manual para um bom aluno de Yoga
O Yoga é conhecido por ser uma tradição milenar.
Sua variedade de expressão é diversa.
Mas a sua sustentação e continuidade não é tão diversa quanto sua expressão.
A sua continuidade e existência nos dias de hoje deve-se à sua transmissão.
A impressão de livros só se deu devido à contribuição da imprensa por Gutenberg.
Vale lembar que o primeiro livro era obra sagrada, A Bíblia.
A produção de Gutenberg se deu em 1450, mas o Yoga se propagava muito antes disto.
A sobrevivência do Yoga até nós só se fez possível pela relação professor – aluno.
Mais especificamente, pelo respeito do aluno ao professor.
Perdoe se for repetitivo, mas seria importante deixar isto mais claro.
O Yoga só existe nos dias de hoje, porque o aluno respeita seu professor.
Respeitar o professor de Yoga significa ser claro com o professor no entendimento e aplicação do ensinamento de Yoga.

Exemplos:

Yamas – Onde na minha vida tenho dificuldades de manter bons e claros relacionamentos?
Nyamas – Onde mantenho hábitos de alimentação e rotina de acordo com os ensinamentos?
Asanas – Qual obstáculos continuam presentes em minhas couraças emocionais?
Pranayama – Onde tenho ansiedade na minha vida hoje?
Pratyahara – Qual hora do dia tenho me interiorizado?
Dharana – Quais são meus objetivos e focos?
Dhyana – Estou agindo de acordo com o planejado?
Samadhi – Que resultados estou obtendo?

Outro dia chamei a atença de famoso professor nas redes sociais.
Este afirmava que a pandemia, o afastamento social e as aulas online haviam mudado a tradição.
Esta afirmação só pode partir de quem não reconhece a transmissão do Yoga.
A necessidade de contato online não isenta ninguém de respeitar o ensinamento e o professor.
Não exime o professor de olhar e se preocupar com seu aluno.
Não absolve o aluno de dar satisfação e se responsabilizar por colocar em prática o ensino.
Não diminui a importância do diálogo e encontro com o professor nos momentos marcados.
Não impede o aluno de estar em postura atenta no momento da fala do professor.
Não aceita ninguém que não cumpre com os compromissos acertados de contato e ensino.

O Yoga não é ferido pela Pandemia, ou pelas aulas online.
O Yoga é descontinuado pela postura do aluno que não valoriza o ensinamento.
O Yoga é desperdiçado pela preguiça, falta de consideração e satisfação em relação ao seu método.
O Yoga escorre em um vaso rachado pelo descuido.

 

Sabia mais sobre Vitor Caruso
Aprenda mais sobre o Ashtanga Yoga Research Institute.

Porque você não avança no Yoga

Porque você não avança no Yoga é um tema valioso.
Valioso pois vejo muitos alunos parados durante anos na mesma prática.
Parados não só na prática, na postura que não realiza, mas também na dinâmica da própria vida.
Seja obesidade, rigidez de quadril e joelho, falta de flexibilidade na flexão, ou na retroflexão.

Neste texto vou explorar formas de você poder superar estes obstáculos.

Vitor Tradição - Porque você não avança no Yoga

Respeito à transmissão feita por importantes professores

Porque você não avança no Yoga está relacionado a seriedade consigo próprio

Você se leva a sério?
Você cumpre os compromissos consigo mesmo?
Pois eu vejo que a maioria dos alunos não cumpre os compromissos consigo próprio.
As falhas que são cometidas para com o professor, ou mesmo a comunidade de praticantes é o de menos.
Elas são apenas o desdobramento das falhas que o praticante já comete consigo próprio.
Falhas com a sua falta de respeito com a própria alimentação, ou com seu autocuidado.
Quando um aluno descontinua seu compromisso com a prática, ele não fere a mim.
Ele fere a sua saúde, física e mental.
Quando o aluno não apóia a sua comunidade, ou a sua escola, ele não entendeu o que é Yoga.
Os melhores praticantes surgem de comunidades envolvidas com a prática.
O praticante deveria se tornar um exemplo daquilo que pratica, promover a transformação que vive.
Quando ele acha que a Yoga é atividade física, ou só aquele horário duas vezes por semana, ele não entendeu nada.
O excesso de peso, as travas físicas, a teimosia mental tem sua forma sedutora de persistir.
Levar-se a sério, é levar o Yoga a sério. Respeitar o professor que te ensina, é respeitar a si mesmo.
É respeitar a própria limitação e ignorância, para poder crescer.
Respeitar a tradição de seus professores, é nutrir o fermento do crescimento na jornada.
Querer sobrepor-se a um conhecimento estabelecido, por razões de ego, é arrogância e estagnação.
Porque você não avança no Yoga?
Compromisso com a prática, com o professor, e com a tradição, vão te ajudar no avanço.

Porque você não avança no Yoga está relacionado com padrões externos

O que sãos estes padrões externos?
Estes padrões são as prisões que nos prendemos por comparação.
Se você fica todo o tempo a comparar, perde tempo em não se tornar incrível.
Você pode ser o melhor jogador de golfe da favela do Heliópolis, e ao se comparar, pode se tornar arrogante.
Busque ser melhor que si próprio. Ser melhor a cada dia. Ser melhor que ontem.
Tenha um professor que lhe ajude a olhar e mensurar esta melhoria.
Críticas e comparações, se não te movem para o seu melhor, não servem para nada.
Pare de perder o tempo com fofocas, conversa mole, e estabeleça seu compromisso com o seu melhor.
Sua missão de vida, sua liberação, sua iluminação, sua realização são mais importantes do que a perda de tempo com os mimos do ego.
Chega! Diga um basta para esta tendência de estagnação dentro de si.
Assuma um compromisso com você, assuma um compromisso com o Yoga, assuma um compromisso com uma pessoa melhor, pois isto seria melhor para você, e se não por você, seria melhor para todos que te amam.
Saiba mais sobre Vitor Caruso Jr
A importância da relação com um professor, em entrevista com Lino Miele

Como o Yoga alegrou sua vida por mais de 100 anos

Como o Yoga alegrou sua vida por mais de 100 anos é o históra de Tao Porchon-Lynch, que viveu 101 anos até o dia 21 de Fevereiro de 2020.
Ela praticou yoga por cerca de 70 anos e começou a dançar competitivamente aos 87 anos. Faz parte da sua biografia, ainda, ter marchado duas vezes ao lado de Mahatma Gandhi.
Saiba mais sobre a vida dela neste marcante texto.
TPL 2 - Como o Yoga alegrou sua vida por mais de 100 anos
 

Como o Yoga alegrou sua vida por mais de 100 anos tinha um segredo

 
Para aqueles que se perguntam como ela conseguiu permanecer tão ativa depois de tudo isso, a professora simplesmente dizia: “Porque eu estou no comando”.
Você acredita que ela chegou a escalar Machu Picchu de salto, sim, e de salto agulha.
Adorava usar calças de couro pretas e caso de pele pendurado. (nada vegano)
Unhas e lábios coloridos.
E teve seus dias de artista em Hollywood.
Encontros com Marilyn Monroe, Clark Gable e Elizabeth Taylor.
 

Como começou estes 100 anos de história

 
Nascida em 1918, de pai francês e mãe indiana, que morreu ao dar à luz, Porchon-Lynch foi criada por seu tio. Seus olhos verdes brilhantes brilham quando ela fala sobre sua educação em Pondicherry, uma cidade costeira no sul da Índia, que era uma colônia francesa até 1954.
Foi lá que ela teve um vislumbre de yoga. Ela tinha oito anos de idade e meninos, pouco mais velhos que ela, estavam criando formas bonitas com seus corpos na praia.
Ela tentou imitá-los, mas sua tia disse que não era uma coisa “dama” a fazer.
“Eu disse: ‘Se os meninos conseguem, eu consigo'”, lembrou Porchon-Lynch, que continuou aparecendo na praia e, ao longo dos anos, aprendeu muitos dos asanas ou posturas apenas assistindo. “Se você acredita em algo, vá em frente e faça-o.”
 

Outros segredos de vitalidade

 
“Tantas pessoas perguntaram a ela qual era seu segredo para uma vida longa e Tao disse que era Pranayama”, disse Pines, de New Rochelle, que conhece Tao há 20 anos. Pranayama é uma prática de yoga que envolve controlar a respiração, que é fonte de nossa força vital ou prana. Pensa-se que o exercício respiratório traga harmonia entre o corpo, a mente e o espírito.
Andrea Lublinski, uma aluna de longa data, contou ao The Journal News em 2019 sobre o seu maior sucesso no Tao: nunca adie o que você pode fazer hoje.
“Essa sempre foi a filosofia dela”, disse Lublinski. “E isso lhe deu muitas carreiras, viajando por todo o mundo e muitas amizades com pessoas de muitos continentes. Ela é uma inspiração para mim há muito tempo. ”

TPL 4 e1583246121259 - Como o Yoga alegrou sua vida por mais de 100 anos

Várias histórias até a fama

Em 1939, ela partiu para a França da Índia para morar com sua tia e, eventualmente, participaria da Resistência Francesa. Após a guerra, ela trabalhou como modelo na França e na Inglaterra antes de se mudar para os Estados Unidos em 1949. Logo ela estava trabalhando como atriz de Hollywood sob contrato com a Metro-Goldwyn-Mayer Studios, com créditos incluindo os filmes “Show Boat” e “A última vez que vi Paris” e programas de TV como “The Bob Hope Show” e “I Married Joan”. Ela também trabalhou como escritora, produtora e corretora internacional de filmes, esfregando ombros com antigas celebridades de cinema indiano e de Hollywood, como Marilyn Monroe, Elizabeth Taylor e Dev Anand.
Na década de 1950, ela treinou sob alguns dos maiores nomes do yoga, como B.K.S. Iyengar e Indra Devi e ensinaram ioga a atores de Hollywood, incluindo Clark Gable.
“Para mim, a Yoga está em todo animal, toda folha de grama e está viva com a energia da vida”, disse Porchon-Lynch enquanto lecionava no Fred Astaire Studio. “Se eu posso sentir isso dentro de mim, estou em contato com todos nesta sala.”
Depois de se casar com Bill Lynch, um vendedor de seguros, na década de 1960, ela se mudou para Hartsdale e juntos fundaram a American Wine Society. (Sua família na França possuía uma vinha no vale do Ródano por muitas gerações).
Porchon-Lynch continuou sua paixão pelo yoga certificando e treinando centenas de professores e ensinou em vários locais, incluindo o Jewish Community Center em Yonkers e o New Age Center em Nyack.
Embora sempre seja bem conhecido em certos círculos de Hollywood e ioga, incluindo servir na Cúpula de Educação para a Paz de Newark com o Dalai Lama em 2011, Porchon-Lynch nunca foi uma celebridade conhecida pelas massas.
Isso mudaria quando ela fizesse 93 anos.
O reconhecimento do Guinness World Records a levou à fama do rockstar de ioga – o tipo de fama em que ela se amontoou no Trader Joe local ou no aeroporto O’Hare de Chicago.
As principais referências deste texto foram tiradas daqui.
Você que saber mais sobre o autor do texto, Vitor Caruso, clique aqui.

A fé ajuda na cura saiba exatamente quanto

A fé ajuda na cura parece ser crença popular.
Como crença popular, carece de melhor argumento e pesquisa.
Para que você tenha um pouco mais de informação sobre isto, que escrevo isto.

A fé ajuda na cura, mas o placebo também.

A alguns anos escrevi detalhadamente sobre o efeito placebo.
Se quiser saber mais sobre isto, leia esta revista que publicamos aqui.
O Placebo costuma definir o parâmetro pelo qual consideramos a confiabilidade de um medicamento.
Se o medicamento tem performance superior ao placebo, válida é considerada a sua efetividade.

A fé ajuda na cura mais do que a ciência consegue provar

Esta é a opinião do Dr. Nigel Barber, ao escrever para a revista PsichologyToday.
Segundo ele do ponto de vista científico, a cura pela fé é inexplicável, incompreensível e não deve funcionar. No entanto, funciona. O mesmo se aplica aos efeitos placebo do medicamento, é claro. Os cientistas reconhecem que existem efeitos placebo, mas têm dificuldade em explicá-los.
Ele reconhece que em certos países é muito comum a cura pela fé, inclusive ele testemunhou casos na Irlanda, durante sua infância.
Dr. Barber tem um argumento provocador, ao falar que muitas vezes, a cura pela fé parece evocar um efeito placebo, não muito diferente do uso de drogas para tratar pessoas que estão levemente deprimidas (e, portanto, não experimentam uma resposta farmacológica verdadeira ao tratamento). E apresentam melhoras, mesmo sem tempo, ou efetividade da reação ao remédio.
Quando as pessoas recebem um medicamento prescrito, como Zoloft ou Paxil, elas esperam melhorias e isto é uma uma forte indução ao placebo.
Se os destinatários da cura pela fé esperam melhorar, o mesmo caso se repete.
Nos dois casos, vários elementos da situação conspiram para dar aos pacientes a expectativa de que eles melhorem.
Em alguns casos curiosos, pessoas que não demonstram muita fé, mas baseadas em um histórico de resultados bem-sucedidos, acabam por ceder ao processo da fé, por causa da expectativa positiva de cura, mesmo que se considerem sofisticadas demais para serem atraídas pelo pensamento mágico.
A fé ajuda na cura - A fé ajuda na cura saiba exatamente quanto
Por meios desconhecidos, a cura pela fé é evidentemente capaz de aumentar a função imunológica, isto é amplamente comprovado.
O que justifica porque pequenos problemas desaparecem mais rapidamente do que seria o caso.
Se os placebos representam metade dos efeitos da medicina não cirúrgica (em uma estimativa conservadora), a cura pela fé tem o valor de uma indústria de trilhões de dólares nos EUA.

Uma Disputa Científica com Mais Qualidade

Em artigo para a revista Science Mag, Dana Mackenzie questiona a qualidade das pesquisas sobre espiritualidade.
Ela fala de Richard Sloan, da Columbia University e seus colegas, que revisaram todos os artigos que relacionavam religião e saúde física que puderam encontrar no Medline, um serviço online que indexa estudos médicos. Muitos deles, diz ele, se concentraram em grupos como padres católicos romanos ou monges beneditinos, que proíbem certos comportamentos de risco. Outros analisaram populações mais gerais de frequentadores de igrejas e encontraram taxas mais baixas de doenças, mas não levaram em conta que apenas pessoas com boa saúde podem ir à igreja. Quando esses fatores de confusão foram levados em conta, pelos pesquisadores originais em um estudo de acompanhamento ou pelo grupo de Sloan, os supostos benefícios geralmente desapareciam. No geral, Sloan diz, “a evidência é muito pouco convincente e fraca … Muito mais fraca, por exemplo, do que a ligação entre estado civil e saúde”.
Mas existem outros que acham positivo o questionamento.
“Ninguém realmente mostrou que a religião causa melhor saúde”, reconhece Harold Koenig, diretor do Centro de Religião / Espiritualidade e Saúde da Universidade Duke.
Em parte, ele diz, isso pode ser devido à ciência superficial, mas também porque “religiosidade” é um conceito complicado de quantificar. Mas Koenig afirma que vários estudos ainda a serem publicados controlam variáveis de confusão da maneira que Sloan recomenda e ainda mostram um efeito positivo da religião na saúde. O trabalho de Sloan, diz Koenig, é importante porque poucas pessoas contestaram o vínculo entre religião e saúde. “O campo precisa desse desafio para se tornar mais forte e melhor.”

A fé ajuda na cura apesar da ciência

Vale ressaltar que a grande discussão com os cientistas gira em torno da forma de como se quantificar o trabalho.
A tentativa é invalidar a maior parte dos casos que mostra uma relação, e aperfeiçoar o método.
Mas como não se pode separar o efeito placebo da mensuração, em termos de efetividade, a fé ainda é um grande remédio.

Porque meditar virou coisa de craque

Porque meditar virou coisa de craque nas celebrações dos gols.
O jovem atacante norueguês, Haaland, tem celebrado seus gols em postura de meditação.
Ao procurar saber o porquê, vi que a maioria dos jornalistas esportivos está desinformado sobre o tema.
Uma das exceções é o jornalista do Esporte Interativo, Bruno Formiga, que chegou a abordar melhor esta história.
Aqui vou dar mais detalhes sobre a celebração e o que está por detrás dela.

Porque meditar virou coisa de craque, começou com quem necessariamente não medita.

Engraçado, mas é isto mesmo.
O primeiro registo da celebração em formato de meditação, foi do jogador francês Antoine Griezman.
Hoje, quando escrevo este texto, Griezmann é jogador do Barcelona.
Em Novembro de 2018, em partida que o Atlético de Madrid venceu por 2 x 0 o time do Mônaco, o atacante estreou a celebração.
Nenhum conteúdo mais profundo, além de representar a tranquilidade do segundo gol que decidia o jogo.
Griezmann já era famoso por algumas celebrações polêmicas, como na Copa do Mundo da Rússia.
Griezmann yoga - Porque meditar virou coisa de craque

Porque meditar virou coisa de craque que pratica Yoga

Meses depois, em Abril de 2019, Mohammed Salah, o atacante da campeã equipe do Liverpool, faz exatamente a mesma celebração.
Mas já em um contexto muito diferente.
Salah Meditation - Porque meditar virou coisa de craque
Quando questionado, Salah afirmar ser um homem de Yoga.
Prática que realmente ele adepto, além de sério compromisso com a prática de sua religião, o islamismo.
E isto traz outro contexto.
Salah é vítima de forte preconceito religioso que vem das arquibancadas.
Com frequência a torcida adversário o chama de homem-bomba, no sentido de terrorista.
E sua resposta, com gols e a postura de Yoga, envia uma clara mensagem de universalismo.
O Yoga é uma prática com raízes hindus, tradição que tem problemas históricos com o islamismo.
Quando Salah se apresenta desta forma, e variando as posturas de Yoga ao celebrar, manda uma forte e bela mensagem para todos.
Salah Yoga - Porque meditar virou coisa de craque

Porque meditar virou coisa de craque como o atacante norueguês Haaland.

Hoje jogando no time alemão do Borussia Dortumund, Erling Haaland tem surpreendido com a regularidade de seus gols aos 19 anos.
Em Outubro de 2019, Haaland iniciou a prática da celebração de gols em meditação.
Jogo em que seu time na época, o Red Bull Salzburgo, perdeu do Napoli por 3×2.
A história começa com a rotina que ele estabeleceu com seu companheiro de time, de meditar antes de entrar em campo.
E como a estratégia está funcionando, ele trouxe a lembrança para as celebrações dos gols.
Haaland meditation - Porque meditar virou coisa de craque

Meditar sim é coisa para grandes esportistas

Na natação, a visualização é parte fundamental de um bom treinamento.
Outros esportes como tiro, salto com vara, salto em distância, também se destacam por ter atletas que abusam da meditação para suas performances.
Mas se você quiser ler sobre como foi difícil colocar grandes estrelas para meditar, leia o livro Onze Anéis de Phil Jackson.
Ele foi o treinador da incrível equipe campeã de basquete do Chicago Bulls.
Dá detalhes de como ensinou Michael Jordan, David Rodman e Scott Pipen a meditar.
Jordan Phill - Porque meditar virou coisa de craque

Abaixo deixo um vídeo falando um pouco mais sobre o benefício da meditação para os esportes.

 

 

4 Grandes Artigos sobre Terapia Online

4 Grandes Artigos sobre Terapia Online para você ter mais ideias e clareza sobre esta prática e seus resultados.
Nestes trabalhos temos diferentes ideias e formatos de aplicação da terapia online, apresentando duas conclusões significativas e interessantes.
A primeira delas, já esperada, é sobre a efetividade e resultados do processo.
A segunda, sim, mais surpreendente, sobre como diferentes formas de aplicação, e bem diferentes, obtém também bons resultados.

4 Grandes Artigos sobre Terapia Online é muito pouco

A ideia não é trazer uma análise quantitativa pelo número de pesquisas.
Apesar das pesquisas apresentadas buscarem um verificação quantitativa de seus trabalhos.
A apresentação des 4 Grandes Artigos sobre Terapia Online é apenas expandir, de forma qualitativa, a visão das possibilidades da sua aplicação.
idabreakfast e1571237429488 - 4 Grandes Artigos sobre Terapia Online

Revista Cyberpsychology and Behavior

Esta revista acima, especializada no assunto, publicou o artigo:
Working Alliance in Online Therapy as Compared to Face-to-Face Therapy: Preliminary Results
Escrito por Jonathan E. Cook and Carol Doyle.
Neste artigo mostra-se que a terapia on-line, definida como a provisão de serviços de saúde mental pela Internet, é um campo crescente que suscitou uma abundância de interesse e controvérsia. Uma preocupação primária na prática da terapia on-line é se uma aliança de trabalho, considerada um componente central da terapia bem-sucedida, pode se desenvolver quando os participantes são separados geograficamente. As pontuações da aliança de trabalho foram comparadas entre uma amostra pequena, principalmente feminina, de consumidores de terapia online e uma amostra representativa de clientes tradicionais de terapia presencial. Os resultados revelaram médias significativamente mais altas na amostra online, sugerindo que uma aliança de trabalho possa ser adequadamente estabelecida na terapia fornecida pela internet. Não foram encontradas diferenças significativas no nível de aliança de trabalho na amostra de terapia online em relação à modalidade de comunicação, problema de apresentação do cliente ou terapeuta.
Se quiser entender mais sobre esta pesquisa, acesse aqui.

Práticas diferenciadas na Terapia Online

Em um artigo sobre as melhores práticas na Terapia Online escrito por Jo-Anne M. AbbottSwinb da Melbourne University of Technology , com Britt Klein  &Lisa Ciechomski.
Este artigo discute questões importantes no fornecimento das melhores práticas de terapia baseada na Internet (e-terapia ou terapia online). A terapia online é definida pela primeira vez como a interação entre um consumidor e um terapeuta via Internet (geralmente via e-mail) em associação com o uso de um programa estruturado de tratamento clínico baseado na Web. É fornecido um resumo das questões profissionais e éticas, juntamente com exemplos ilustrados de princípios de boas práticas experimentados no trabalho clínico e de pesquisa por membros da Universidade de Tecnologia de Swinburne. A terapia online foi considerada eficaz no tratamento de uma série de distúrbios psicológicos. Pesquisas futuras investigando métodos para melhorar a capacidade dos consumidores de se envolverem com a terapia online devem aumentar ainda mais a eficácia desse tipo de terapia.
Neste trabalho destaca-se a abordagem do e-mail como principal ferramenta terapêutica, que seria uma abordagem bastante distante para os padrões atuais, mas também de efetividade.
Se quiser saber mais sobre este trabalho, acesse aqui.

O Futuro da Terapia Online

No artigo com nome acima, os autores apresentam a força do uso de diferentes ferramentas.
A mesma tendência que utilizamos aqui em nosso trabalho, é comprovada por este artigo.
Se quiser saber mais como o Ciência Meditativa trabalha com a Terapia Online, acesse aqui.
O texto foi escrito por Yair Amichai-Hamburgera, Anat Brunstein, Klomekbc Doron, Friedmand Oren Zuckermane eTal Shani-Shermana
Segundo o artigo o mundo digital, e a Internet em particular, têm um impacto significativo em quase todos os aspectos de nossas vidas. O domínio da psicoterapia é uma área em que a influência da Internet está crescendo rapidamente. O artigo sugere um modelo para terapia online abrangente, mas com um terapeuta em seu centro. Explica os principais componentes da terapia tradicional e da terapia online. Discute as principais críticas feitas contra a terapia online e avalia a eficácia de várias respostas. O artigo avança para explicar as vantagens da terapia online, concentrando-se nos aspectos exclusivos dessa abordagem. O artigo propõe que a terapia online explora outros recursos online, incluindo técnicas para coleta de informações. Isso é verdade tanto na sessão terapêutica quanto fora dela. Além disso, o artigo sugere que os terapeutas incorporem dramatizações on-line, e outras formas que usem as ferramentas eletrônicas. Todas essas ferramentas são sugeridas como componentes importantes em um processo de terapia abrangente executado por um terapeuta que trabalha no formato online.
Se quiser ler mais sobre este artigo, acesse aqui.

Aprendendo com a Terapia Escrita

Este curioso artigo faz uma paralelo entre a terapia online e a terapia escrita.
Trabalho escrito por Jeannie Wright.
No artigo afirma que o aconselhamento online é novo e ainda controverso, com pouca pesquisa baseada no Reino Unido disponível para profissionais, provedores ou clientes em potencial. Escreve o artigo com o objetivo estender uma revisão anterior de algumas das pesquisas sobre terapia da escrita do British Journal of Guidance and Counseling e para indicar como ela pode ser aplicada ao aconselhamento online. Também se refere a parte da literatura sobre aconselhamento online.
Neste artigo fica claro que a já aceitação, e validação da Terapia Escrita, por si só, pode validar as dúvidas sobre a Terapia Online.
Quer ler mais, acesse aqui.

Terapia Online Grátis

Terapia Online Grátis não é uma oferta comum.
E você deve ficar atento quando se deparar com esta possibilidade.
Neste texto, vou lhe explicar quais critérios você deve pensar para uma decisão de fazer terapia online.
E vale a pena fazer terapia online grátis?

Terapia Online Grátis com quem?

Esta pergunta acima é extremamente importante.
A Terapia Online quebra barreiras geográficas.
Você pode ter acesso a qualquer profissional, em qualquer lugar do mundo.
Isto aumento o universo de escolhas tremendamente.
E você tem a oportunidade de fazer uma melhor escolha.
Não precisa mais se contentar com o profissional da sua cidade.
Você pode ter um dos melhores do seu país, ou até do mundo.
Avaliar a qualidade do curriculum do profissional, a experiência é o principal fator que você deve ter em mente.
Com tão grande oportunidade, porque contentar-se com um profissional menos capacitado?
Um fator importante é a empatia com o profissional.
Ao mesmo tempo ele não precisa ser a pessoa mais simpática do mundo, desde que o trabalho funcione, não é mesmo?
Se você está atrás de simpatia, não está buscando um terapeuta, mas uma amizade, ou carinho.
A função do terapeuta não é dar carinho, e ser amigo.
Ele precisa te ajudar, e ser apto a lhe dar muita ajuda.
Por isto a experiência, o curriculum, e as próprias conquistas da vida do terapeuta é que devem lhe servir para maior embasamento.
Temos o atendimento em Terapia Online, e você pode saber um pouco mais, aquiTerapia Online.

Terapia Online Grátis tem valor?

Esta é outra pergunta valiosa neste processo.
Existe valor neste processo de apoio, disponibilizar ferramentas, escuta tecnicamente atenta, ajuda treinada e consistente.
Quanto tempo, esforço, treino e estudo é gasto na estruturação de um profissional capaz.
Seria uma ajuda válida um profissional que não tivesse se qualificado para esta ação.
Você perguntaria para um bom médico, um bom fisioterapeuta, se eles podem arrumar uma parte machucada do seu corpo de graça, sem receber pela dedicação, e pelo preparo para o serviço?
Será a mente algo tão, ou mais complexa que as diversas partes mecânicas e estruturais do corpo?
Além de tudo isto, será de confiança a possibilidade de se apresentar questões pessoais a qualquer profissional?

Terapia Online é até mais complexo

Acredita-se no imaginário de um modelo terapêutico onde um paciente expressa questões pessoais.
O terapeuta assume uma escuta quase passiva, e traz questões na tentativa de disponibilizar insights, novas percepções.
No caso da Terapia Online do Ciência Meditativa, como exemplo, a quantidade de leitura, material, ferramentas áudio-visuais, e eletrônicas é tal, no processo de apoio, que a complexidade é multiplicada várias vezes, a necessidade de atualização se amplia, na proporção que os resultados e respostas são mais fortemente conquistados.
terapia online - Terapia Online Grátis

Terapia Online é uma tendência irreversível

Não é uma irreversibilidade apenas pela novidade dos dispositivos eletrônicos.
Existe uma resposta efetiva já comprovada junto à terapia online.
Segundo pesquisas da Associação Americana de Psicologia, muitos dos quais listados no formato de bibliografia pelo Instituto de Saúde de Terapia Online, também indicam que a saúde telemental é equivalente ao atendimento presencial em vários locais e uma alternativa aceitável. Embora grande parte da pesquisa teste apenas o uso de videoconferência como modalidade de terapia online, alguns estudos, incluindo dois publicados em 2013, também mostraram que a terapia de troca mensagens, não ao mesmo tempo, pode ser tão eficaz quanto a terapia presencial (Journal of Affective Disorders and Cyberpsychology, Comportamento e Redes).

A Terapia Online ajuda a terapia tradicional

Ainda mais encorajador é que, quando as intervenções digitais são experiências positivas e eficazes para os pacientes, eles podem procurar terapia presencial, diz Megan Jones, PsyD, professora adjunta de psiquiatria e ciências comportamentais da Faculdade de Medicina da Universidade de Stanford . Um estudo que ela liderou descobriu que estudantes universitários que precisavam de um nível mais alto de atendimento para distúrbios alimentares tinham maior probabilidade de procurá-lo depois de participar de um programa digital de imagem corporal e trabalhar com um treinador online por meio de mensagens assíncronas através da empresa de terapia online Lantern ( Journal of American College Health, 2014).

Uma conversa sobre a Terapia Onlie Grátis

Aqui temos um vídeo com uma conversa sobre este assunto.
Uma conversa sobre o texto acima, veja qual a sua opinião.

Ferramentas gratuitas de Terapia Online pra você

Mas você leu com atenção até aqui, e isto mostra dedicação e interesse para soluções.
Queremos lhe presentear, e saiba que no final do site abaixo, tem uma ferramenta especial que utilizamos na Terapia Online, que vamos deixar gratuitamente para você.
Basta clicar aqui.
E você vai ganhar uma ferramenta de análise de propósitos e objetivos, muito útil na terapia.

Uma incrível aula em Vídeo Gratuita sobre a História do Yoga

Uma incrível aula em Vídeo Gratuita sobre a História do Yoga para você ver, rever e guardar.
Este estudo sobre a linhagem do Hatha Yoga está disponível a muitos anos.
Uma parte do material em livro, outras em vídeos, mas nada disto estava em língua portuguesa.
A falta de tempo não me permitia organizar de forma educativa toda esta informação.
Mas a quantidade de desinformação que circula pela internet é tamanha, e tão errada, que me serviu de motivação.
Acabei por me motivar de organizar, e transmitir esta informação histórica de forma correta, embasada e estudada.
A melhor maneira de organizar o conteúdo, foi preparar esta aula, que disponibilizo aqui abaixo para você.

O desconhecimento da origem do Yoga

Circula em algumas publicações sobre a origem militar dos ensinamentos do Hatha Yoga.
E como estas teorias foram difundidas por alguns estudiosas americanos, muitos professores começaram a propagá-la.
Antes de se validar e repetir uma tese teórica, me foi ensinada nas faculdades que fiz, validar e testar as teses.
A tese não se sustenta pela mais básica pesquisa histórica, como fica claro no vídeo apresentado.
Os ensinamentos do Hatha Yoga seguem um mesmo detalhamento, uma mesma linha de desenvolvimento de grandes mestres e centenas de anos.
fundo site - Uma incrível aula em Vídeo Gratuita sobre a História do Yoga

Uma incrível aula em Vídeo Gratuita sobre a História do Yoga baseada no Yoga Sutra

O Yoga Sutra é o texto principal, a referência que abraça o conhecimento anterior, e projeta o desenvolvimento futuro do Yoga.
A aula apresenta esta estrutura, os textos anteriores ao Yoga Sutra, e os textos posteriores a ele.
Desta forma você tem uma linha de apresentação clara, e percebe melhor a correlação entre eles.
O vídeo sugere dois livros sobre Yoga Sutra, e de forma especial, temos ele em oferta para você.
Yoga Sutra comentado por Georg Feuerstein

Uma incrível aula em Vídeo Gratuita sobre a História do Yoga que mostra o desenvolvimento do Hatha Yoga

Não só uma rápida explicação de Hatha Yoga, mas a sua conexão com os textos anteriores é apresentada.
Muitas pessoas que não tiveram a oportunidade de se aprofundar no estudo, não percebem a conexão natural entre a prática das posturas e a meditação.
Ao assistir esta aula em vídeo, além do claro desenvolvimento histórico, ficará mais claro o natural trabalho que a prática do Yoga vai tomando.

O entendimento do Yoga moderno

A diferença de enfoque do Yoga Moderna, com sua profusão de estilos e técnicas também é explicado no vídeo.
As diferenças de enfoque entre a relação estabelecida anteriormente de professor e aluno, e as relações comerciais de serviço modernas.
Na aula, você vai perceber que cada uma das práticas tem objetivos específicos, e forma específicas de trabalhar.
Um pouco da História do Ashtanga Yoga
No vídeo temos também um pouco da história do Ashtanga Yoga, e também uma indicação de uma aula mais específica deste tema.
Se você quiser ler algo, sugiro este texto.
Bem, aqui está o vídeo, se achar valioso, repasse para seus colegas, pois você vai ajudar ao entendimento, e compreensão de um bom conteúdo.
Mas tem mais, mais abaixo, vou deixar o link para as aulas do curso gratuito completo de Yoga Sutra.
No vídeo eu cito este curso completo, e desta forma, você tem aqui as principais referências citadas na aula.