Contato

Se pudermos ir além do padrão crítico, e apenas nos limitarmos à crítica ao consumismo, teremos dificuldade em aprofundarmos esta análise.
Para o comércio, o natal e o dia das mães são as datas de maiores vendas, e que justificam os maiores investimentos em propaganda e marketing.
Porém existem dois outros fatores que unem estas datas: A reunião familiar que ambas podem envolver e outra ainda mais espiritual, a celebração do AMOR.
O nascimento de Jesus, e o dia das mães. Aquele cuja mensagem principal era sobre o amor ao próximo, e aquela que por expressão de amor, sustentou o surgimento da vida.
Poucos sabem a origem do dia das mães, em pesquisa, achei interessante o fato de seu surgimento estar relacionado a um grupo da Igreja Metodista.
Veja detalhes, de acordo com o site Brasil Escola:

Desde a Idade Antiga há relatos de rituais e festivais em torno de figuras mitológicas maternas e de fenômenos como a fertilidade. Na Idade Média, havia também muitas referências a respeito da figura da Mãe, sobretudo o simbolismo judaico-cristão com as figuras de Eva e Maria. Mas foi apenas no início do século XX que as mães passaram a ter um dia oficial para serem homenageadas. A escolha da data (todo segundo domingo de maio) remete à história da americana Anna Jarvis.  Anna Jarvis perdeu sua mãe, Ann Marie Reeves Jarvis, em maio de 1905, na cidade de Grafton, no estado da Virgínia Ocidental, EUA. Com a morte da mãe, Anna, diante do sofrimento e da dor que sentiu, decidiu organizar com a ajuda de outras moças um dia especial para homenagear todas as mães e para ensinar as crianças a importância da figura materna. Anna e suas amigas eram ligadas à Igreja Metodista da cidade mencionada acima… No caso do Brasil, o Dia das Mães foi comemorado pela primeira vez em 12 de maio de 1918, na Associação Cristã de Moços de Porto Alegre. Em outros lugares, houve também outros focos de comemoração de mesmo teor, geralmente associados a instituições religiosas. Mas foi somente em 1932, durante o governo provisório de Getúlio Vargas, que o Dia das Mães passou a ser celebrado segundo o molde dos Estados Unidos, isto é, em todo segundo domingo do mês de maio.

O que estas datas aqui tratadas também nos trabalham é o estreitamento dos relacionamentos familiares. Segundo a Universidade de Harvard isto melhora em muito nossa saúde e aumenta nossa longevidade:

O Sorriso daqueles que ama é gerado a partir de cada pensamento, palavra e ação que fazemos

O Sorriso daqueles que ama é gerado a partir de cada pensamento, palavra e ação que fazemos

Os cientistas descobriram que esta interação social ajuda a aliviar níveis nocivos de estresse, o que pode afetar adversamente as artérias coronárias, a função intestinal, a regulação da insulina e o sistema imunológico. Outra linha de pesquisa sugere que os comportamentos de cuidado desencadeiam a liberação de hormônios que reduzem o estresse. A pesquisa também identificou uma série de atividades que se qualificam como apoio social, desde ofertas de ajuda ou aconselhamento a expressões de afeto. Além disso, a evidência sugere que os efeitos de apoio à vida que aumentam a longevidade tanto ao doador como ao receptor.Tudo isso é muito encorajador porque o envolvimento com outros pode ser uma das estratégias de saúde mais fáceis de acessar. É barato, não requer nenhum equipamento especial ou regime, e podemos participar de muitas maneiras.

Fonte: http://www.health.harvard.edu/newsletter_article/the-health-benefits-of-strong-relationships

Muitas pessoas apresentam dificuldades em vivenciar os momentos de encontro e troca familiares. Mas quando vividos, manifestam a cura e superação de dificuldades emocionais. Viva o amor familiar, viva mais.


Vitor Caruso Junior

Vitor Caruso Junior

Biógrafo, aluno e amigo do precursor da Yogaterapia no Brasil e um dos maiores escritores do Yoga no mundo, o Professor Hermógenes. Professor certificado por Lino Miele, único aluno de Pattabhi Jois autorizado a escrever sobre o Ashtanga Yoga, cujo manual Vitor traduziu para o português. Ordenado na tradição Zen pelo Mestre Thich Nhat Hanh, indicado a Nobel da Paz por Luther King. Vitor curou-se de forma extraordinária de um câncer, e trocou a vida de executivo por ensinar as formas de transformação e cura que deram tanto resultado em sua vida. Além do livros citados acima, já escreveu em parceria com Monja Coen, Leonardo Boff e Dra. Zilda Arns, entre outros. Recebeu prefácio em um de seus livros da neta de Gandhi, Ela Gandhi, sobre seus escritos a respeito do Ahimsa - Não Violência. Vitor dá cor e sabor de forma especial à Excelência e Qualidade na vida, não só em atendimentos individuais, mas em palestras e consultorias por todo Brasil.

1 comentário no post “Mais Saúde e as Celebrações Familiares”

Gilmar · 19 de maio de 2017 at 01:15

Bacana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts

01Destaque

Como ser aprovado em Provas, Vestibulares e Concursos

Apesar de ter estudado entre as melhores universidades e professores do mundo, poderia ter meu caminho facilitado se tivesse recebido algumas destas especiais dicas. São três os fatores decisivos de sucesso para os estudos, e Leia mais

01Destaque

5 Dicas de Harvard para Sua Memória

Depois de trabalhar em coaching com diversos alunos que tiveram sucesso no vestibular e concursos, decidi integrar as principais dicas em um curso on-line, chamado FOCO para EXCELÊNCIA, que além de leitura dinâmica, técnicas de Leia mais