Contato

Outro dia recebi uma questionamento de alguém que gostaria de se profissionalizar em Mindfulness? Não entendi a questão, e pedi para que me explicasse melhor.
Disse que está fazendo um curso de 8 semanas, que irá habilitar ela a fazer um curso de introdução ao ensino, e que na sequência teria uma especialização que poderia permitir que utilizasse a técnica para ajudar seus pacientes.
Não respondi desta forma, mas pensei: COMÉRCIO, COMÉRCIO BARATO, mas não tão barato!

Vamos por partes, a maioria das pessoas envolvidas com este curso tem pouca noção sobre a origem do conceito e da palavra Mindfulness.
Ela se refere ao Sétimo de Oito Passos ensinado no primeiro discurso do Buda. Estes oito passos pertencem à Quarta, das quatro Nobres Verdades. Complicado?
Pois é. É preciso um pouco de estudo para entender corretamente isto? Sim, é preciso.
Mas mais do que estudo, é preciso prática. É preciso experiência de prática. É preciso o conhecimento da tradição, e da transmissão desta tradição.

8 semanas não bastam? Por que 8 semanas?
Algumas pesquisas apontaram que 8 semanas deixam rastros significativos nos caminhos neurais, somente isto, mas não significa que você aprendeu algo.
Se eu ficar 8 semanas com o Zico, tenho certeza que terei rastros de como bater na bola, mas não significa que serei um rascunho de jogador de futebol.

Segundo o Jornal Europeu de Psicologia Social, em um dos mais respeitados estudos sobre estrutura dos hábitos, são necessários 66 dias para que um novo hábito se estabilize.
Ou seja, 8 semanas não é suficiente nem para se estabelecer um novo hábito.

Vitor em momento de descontração com um dos maiores mestres budistas da história, seu professor Thich Nhat Hanh

Vitor em momento de descontração com um dos maiores mestres budistas da história, seu professor Thich Nhat Hanh

Thich Nhat Hanh, meu professor, é o grande estudioso que elaborou, ensinou e aprofundou o estudo das práticas de meditação nas principais universidades e faculdades de psicologia do mundo todo, influenciando de forma definitiva as técnicas da Psicologia Integral, Transpessoal, Positiva e Cognitiva Comportamental. Vários são os cientistas e terapeutas famosos que participaram de seus retiros para aprender com ele, entre eles, Jon Kabat-Zinn, médico que aprofundou estudos sobre os efeitos da meditação, chegando aos traços de modificação de 8 semanas.

A maioria destes alunos fizeram importantes aplicações de seus aprendizados, mas nenhum deles é professor da tradição budista, e capacitado a ensinar dentro da estrutura e contexto da tradição. É como comer só o orégano da pizza, tirar mindfulness do seu contexto budista.

Entre os cientistas, os trabalhos de Paul Ekman, e Richard Davidson, tem mais expressão, mais aprofundamento, e muito mais anos de pesquisa, e nenhum destes dois cientistas se propõe a ensinar fora do contexto original da prática.

Justamente para eliminar esta confusão, o Ciência Meditativa resolveu desenvolver cursos na área de Mindfulness, não só de ensino dos aspectos originais, com professores autorizados e pertencentes à tradição, mas também e principalmente da promoção de práticas gratuitas e acolhedoras, pois o caminho do Buda tem em sua essência a partilha com a Sangha, a comunidade, o grupo, e isto fazemos de forma aberta, gratuita, e não comercial.

Em resumo, Mindfulness está relacionada a mudança de um estilo de vida, uma filosofia, envolve a forma como conversamos, como comemos, se somos vegetarianos, sobre consumo consciente, se buscamos uma mente clara, se temos compromissos de não-violência e outras coisas mais. Antes de ensinar, viver um pouco disto, seria o aspecto essencial para que as técnicas tenham sua verdadeira efetividade colocada em prática.


Vitor Caruso Junior

Vitor Caruso Junior

Biógrafo, aluno e amigo do precursor da Yogaterapia no Brasil e um dos maiores escritores do Yoga no mundo, o Professor Hermógenes. Professor certificado por Lino Miele, único aluno de Pattabhi Jois autorizado a escrever sobre o Ashtanga Yoga, cujo manual Vitor traduziu para o português. Ordenado na tradição Zen pelo Mestre Thich Nhat Hanh, indicado a Nobel da Paz por Luther King. Vitor curou-se de forma extraordinária de um câncer, e trocou a vida de executivo por ensinar as formas de transformação e cura que deram tanto resultado em sua vida. Além do livros citados acima, já escreveu em parceria com Monja Coen, Leonardo Boff e Dra. Zilda Arns, entre outros. Recebeu prefácio em um de seus livros da neta de Gandhi, Ela Gandhi, sobre seus escritos a respeito do Ahimsa - Não Violência. Vitor dá cor e sabor de forma especial à Excelência e Qualidade na vida, não só em atendimentos individuais, mas em palestras e consultorias por todo Brasil.

0 comentários no post “A Comercialização do Mindfulness”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *